Carta para o meu ex

quarta-feira, outubro 14, 2015

Foto: Favim
Eu não cheguei a ouvir você falar que tudo tinha acabado. Eu nem ao menos vi seu rosto. Não sei se doeu pra você dizer tudo aquilo, mas pra mim foi o fim.

Sai do computador e desabei ali mesmo no chão. Queria ter tido coragem pra sair correndo atrás de ti, bater na porta da sua casa e dizer "eu não vou te perder de novo", eu mal sabia que na verdade eu já tinha te perdido há muito tempo. Da um nó na garganta, mas a verdade é que eu te perdi no momento em que você se perdeu.

Nesses três anos que ficamos juntos sempre fui a garota que fingia ser forte, mas por dentro era frágil, assustada e com medo de escuro. Minha vida era movida por incertezas sobre tudo, menos sobre você. Eu tinha certeza que era com você que eu iria passar todos os dias, a certeza que você era a pessoa certa. Mas eu sempre me perdia, cavava a minha própria cova e você quase caia junto. 

Você foi o cara que tentou me ajudar nisso tudo, mas não foi suficiente.

Será mesmo que você estava certo ao dizer que não me merecia? Que você não seria a pessoa que me faria feliz? Será que não é o contrario?

Eu ainda me lembro de muita coisa... De você me dizendo no começo de tudo que eu não deveria ter tanto medo de me apaixonar. Da primeira vez que te vi, do nosso primeiro beijo dançando "Vento no litoral". Das horas e horas de conversas no skype. As brincadeiras e apelidos que só nós entendíamos. De você tentando me ensinar a jogar seus jogos. Da primeira vez que dormi no seu peito e percebi que ali era o lugar mais seguro que eu poderia encontrar.

Será que você ainda tem lembranças de nós dois? Porque eu tenho toda hora. 

O mais complicado de você ter ido embora e que você ainda esta aqui. Ainda tem sua mensagem escrita na parede, ainda encontro papeis que você deixou no meu quarto. 
Às vezes acordo no meio da madrugada sentindo seu cheiro e ai me dou conta que você só existe nas minhas lembranças e que não vai voltar pra minha vida.

Só não queria que fosse um adeus.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 COMENTÁRIOS

NO FACEBOOK

Créditos

Todo o conteúdo desse blog é de propriedade de Thaynara Paiva, exceto o conteúdo sinalizado. Protegido pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610 de 19/02/1998. É Proibido qualquer tipo de reprodução das imagens e textos sem autorização por escrito.