Hoje você fez falta

terça-feira, fevereiro 27, 2018


Saudade é uma coisa estranha, posso compará-la facilmente com café amargo. Tem dias que amo me deliciar com uma caneca cheia, enquanto fico na janela sentindo o sol esquentar meu rosto.  Há os dias em que o corpo arrepia todo com o gosto amargo e, é praticamente impossível continuar ingerindo.

Há dias que a saudade faz bem, proporciona aquele quentinho no coração, as lembranças causam borboletas no estômago. Dá forças para seguir em frente e pensar “talvez lá na frente nós encontremos”, e eu rezo por isso todas as noites bem baixinho.

Já levei focos no estômago da saudade, fiquei nocauteada no chão por dias seguidos. A saudade é esse ser chato e mutante. Chega sem aviso prévio e estar sempre com um humor diferente.
A saudade tem o dom de colocar pra fora o que eu insisto em esconder. Ela é o lembrete que mesmo você estando ausente ainda te sinto aqui.

Não costumo pensar muito no passado, mas hoje foi diferente. Hoje você fez falta e pensei em nós. Hoje seu sorriso grande e seu jeito calmo teriam acalmado meu coração medroso. Senti seu cheiro na minha cama, percebi que a saudade chegou ao nível de me deixar louca. A sua ausência fez todo meu corpo tremer.

Não costumo pensar no quanto nossos corpos se encaixavam perfeitamente, ou o quanto amava seus olhos brilhando quando eu fazia algo bom. Não costumo pensar no quanto seu humor bobo destruía minha cara amarrada. 

Não costumo pensar no quanto eu ficava calma ao segurar sua mão. Foi difícil não ter você aqui pra segurar minha mão quando tudo desabava, mas isso me ensinou a ser forte, e eu era tão fraca ao seu lado.

Não costumo pensar sobre nós, mas quando penso é complicado conter as lágrimas e sorrisos. Não costumo pensar sobre nós, mas quando penso parece que o tempo não passou, ao fechar os olhos consigo sentir você me abraçando.

Não costumo pensar sobre nós é sem dúvidas a maior mentira que já contei. Hoje você fez falta e a saudade fez morada em mim.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 COMENTÁRIOS

NO FACEBOOK

Créditos

Todo o conteúdo desse blog é de propriedade de Thaynara Paiva, exceto o conteúdo sinalizado. Protegido pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610 de 19/02/1998. É Proibido qualquer tipo de reprodução das imagens e textos sem autorização por escrito.