Sobre 2017 e seus ensinamentos

domingo, dezembro 31, 2017


Mais um ano que chega ao fim, 2017 foi sem dúvida alguma um ano repleto de aprendizado pra mim. 2016 tinha  sido um ano muito difícil, cheio de incertezas e medos, o inicio de 2017 os sentimentos ruins comandavam a minha vida, mas, com o passar dos dias fui aprendendo a ser leve, não ter pressa, respirar fundo e nunca perder a esperança de um dia melhor.

2017 me ensinou que ser totalmente feita de emoção é levar muitos socos na cara, mas ser completamente feita de razão não é algo bom, é preciso manter um equilibrio.
Aprendi a manter os pés no chão, mas continuar sendo livre para voar. Aprendi que amores reais e eternos existem, mas que nem sempre ficam juntos, e só resta aceitar e desejar o bem. 
Aprendi que consigo ser feliz sozinha, mas ter amigos para rir, brincar e conversar faz um bem gigantesco.
Aprendi a não me julgar tanto e não dar ouvidos as coisas ruins que as pessoas falam sobre mim.
Aprendi que muitas pessoas vão entrar e sair da minha vida, não tem como mudar isso, mas vale a pena insistir em algumas pessoas.
Aprendi a lidar com meus medos e inseguranças, a controlar minha ansiedade, a não deixar a depressão engolir tudo de bom que tenho. 

2017 foi o ano em que o Oito entrou definitivamente na minha vida, e nesse momento aprendi o que é amar incondicionalmente algo, deixar de sair para não deixa-lo sozinho em casa, gastar dinheiro com brinquedos que em poucos minutos ele ira destruir, que mesmo quando ele apronta e destrói tudo dentro de casa não tem como ficar com raiva.
Foi o ano em que fiz a minha primeira tatuagem, que tem um significado gigantesco em relação ao passado. Muitas vezes o coração dói e aperta ao olhar ao mesmo tempo em que fico feliz por um dia ter amado tanto alguém.
Foi o ano em que lutei e corri muito atras de um estágio, quando finalmente consegui a felicidade foi/é gigantesca. É uma sensação de estar realmente indo pelo caminho certo e que as coisas só irão melhorar.
Foi o ano em que achei que iria morrer, passei por cirurgias, mas consegui superar tudo. Passei a cuidar mais da saúde, entrei pra geração crossfit, passei a praticar yoga, comecei a andar de bike todos os dias, cuidei mais de mim.

Ainda existe muitas, muitas, muitas coisas para aprender, mas estou com orgulho da Thaynara de 2017, estou orgulhosa com a Thaynara que estou entregando para 2018. Que 2018 seja um ano incrível.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 COMENTÁRIOS

NO FACEBOOK

Créditos

Todo o conteúdo desse blog é de propriedade de Thaynara Paiva, exceto o conteúdo sinalizado. Protegido pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610 de 19/02/1998. É Proibido qualquer tipo de reprodução das imagens e textos sem autorização por escrito.