Sabe o tal do amor ?

sexta-feira, julho 04, 2014


Nunca entendi muito bem essa história sobre o amor, nunca entendi como alguém poderia amar outra pessoa. Desde pequena sempre questionei tudo que acontecia, minha mãe tentava me explicar tudo que fosse possível, e quando eu perguntei sobre o amor não poderia ter sido diferente, ela contou a história de como um dia tinha se apaixonado pelo meu pai, e como ela sentia que aquilo seria pra sempre... E essa foi a unica historia que ela contou que eu não entendi, eu não via sentido em nada do que ela falou.

Enquanto todas as minhas amigas estavam felizes com seus namorados, estava eu com um livro de terror na mão e tentando entender sobre os mistérios da vida, sobre anjos e demônios, sobre espíritos, sobre Deus e sobre o amor. Mas nunca consegui uma resposta concreta que me fizesse acreditar completamente em todas essas coisas. 

Por muito tempo achei que eu era a coisa mais estranha do mundo por não conseguir acreditar no que todos acreditavam, não é tão legal ser diferente quando te zoam, quando te humilham e dizem que você é louca.

Durante anos fiquei procurando as respostas, e quando finalmente desisti eu tive a chance de saber o que era aquele tal do amor. Conheci uma pessoa e eu tinha todos os sintomas pra dizer que estava apaixonada, pernas bambas, coração acerelado, boca seca e borboletas no estomago. Mas o amor não é tão bom como dizem por ai, ele machuca, vai tirar toda sua vontade de viver se não for com aquela pessoa, você vai chorar por horas por causa de uma briga besta, vai fazer de tudo pra agradar tal pessoa, vai ficar totalmente destruída e no final vai perceber que aquilo não era amor, que tudo aquilo não valeu a pena.

Nada nessa vida tem respostas, são apenas perguntas que nunca param, perguntas que nunca terão final. E o amor, bem, ele é apenas fruto da sua imaginação, é apenas uma lenda que você ouviu falar.

Me acompanhe também em:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 COMENTÁRIOS

NO FACEBOOK

Créditos

Todo o conteúdo desse blog é de propriedade de Thaynara Paiva, exceto o conteúdo sinalizado. Protegido pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610 de 19/02/1998. É Proibido qualquer tipo de reprodução das imagens e textos sem autorização por escrito.